Sou Educador Físico e tenho EA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sou Educador Físico e tenho EA

Mensagem  Educador Físico em Qua Abr 07, 2010 5:57 pm

Tudo começou no mês de Fevereiro do ano de 2007, comecei com um inchaço no tornozelo direito, procurei um ortopedista na Santa Casa de São Paulo e ele me receitou ant-inflamatórios, uma semana depois retornei e foi tirado um RX nada foi diagnósticado, foi pedido uma ultrasonografia e quando tentei marcar no SUS só havia vagas para 4 meses depois, procurei uma clínica particular e iniciei um tratamento, ultrasonografia, diagnóstico, tenosinovite de extensores, engessou por 7 dias, nada resolvido mais RX, agora com inflamações nos dois pés e joelho direito o médico dizia que era sobrecarga nas outras articulações,30 sessões de fisioterapia 20 ou mais consultas com ortopedista e especialista em pé e tornozelo, agora depois de muito tempo e já sem recursos financeiros a disposição me encaminharam para um neurologista, numa noite passei muito mal entrei em pânico chorei muito, tomei todos os remédios que tinha a disposição em casa, uns 50 diclofenacos e muitos outros que não me recordo no momento, acordei muito mal na manhã seguinte às 4 mas muito triste por ter acordado preferia não acordar mais, fiquei frustrado nem minha vida eu consegui dá um fim, era dia de corpus Christi, fui para o Hospital de Clínicas de São Paulo, uma médica me atendeu e me encaminhou para um reumatologista tentei marcar no telefone da Sec. Est. de Saúde, e retornei a clínica anteriormente dita eles amenizaram e me pediram exames laboratorias dizendo que qdo eu fosse ao reumatologista já levaria os resultados e seria assim mais rápido, marquei o reumatologista no Amb. de Especialidades da Lapa na segunda-feira seguinte, fui muito bem atendido e novamente muitos anti-inflamaórios depois pedidos de novos exames labortorias, um mês depois já em agosto (01) a minha empresa me demitiu por não conseguir a mesma produtividade a que eles estavam acostumados, ( Condomínio e Edifício Herweg, Rua Bela Cintra 1903, Jardins São Paulo)os resultados dos exames , Expondiloartropatia indiferenciada Soronegativa, agora reencaminhado ao setor de reumatologia do HC, um mês depois em consulta novos exames laboratoriais RX de todo as articulações inflamadas, agora já havia comprometimento dos dois tornozelos, todos os metatarsos, os tarsos, tendões dos pés, punho esquerdo, ombros, e articulações sacro ilíacas, já não conseguindo dormir com dores insuportáveis, desempregado na hora da homologação eu apresentei um atestado médico inapto a função contrariando o médico da empresa que disse que eu não tinha nada e autorizou a minha demissão, foi dado baixa em minha carteira a de trabalho mais eu não assinei minha demissão o sindicato não homologou minha saída, procurei o INSS e fui aprovado numa perícia médica e fiquei recebendo auxilio doença como desempregado por três meses, retornando ao HC permaneceu o diagnóstico anterior e me receitaram metotrexato 4 comp de 2,5 mg uma vez na semana, diclofenaco e encaminhado para o Amb. de especialidades de Campo Limpo, um mês depois primeira consulta com Dr. Ricardo Sanches, sem nenhum resultado a dose de mtx foi aumentada para 7 comp. semanais ou 17,5 mg. prenidizona, diclofenaco, omeprazol, e foi feito um pedido de um exame de alto custo, cintilografia óssea, entrei em crise gastroestomacal, por 1 mês tudo que comia vomitava, perdi 10 kg estou só com 50kg minha altura é 1,65, só depois de 3 mêses consegui o exame, e na minha perícia médica foi negado a prorrogação do meu auxilio doença, meu médico ficou muito irritado pois os peritos do INSS disserão que eu não tinha nada, fique a partir daí andando só de muletas, já havia perdido parte dos movimentos, as dores nos pés ao me locomover é muito forte, quase tranquei minha faculdade, quase joguei tudo para cima mais já estava no final do ano e eu persisti consegui chegar ao fim do ano letivo, nova perícia médica e consegui o beneficio, com o resultado da cintilográfia meu médico diagnosticou Espondilite Anquilosante e me receitou Enbrel, segundo ele esteagente biológico é minha unica esperança de uma vida "normal", perguntei ele se poderia ter uma vida comun trabalhar, estudar, ele me disse que ainda há esperança, entreguei toda papelada burocrárica na farmácia de alto custo do Estado de São Paulo por 3 veses me foi negado a medicação, estou muito frustrado, num país de tanta corrupção pago todos meus impostos e no momento em que mais preciso me é negado o meu direito, fica aqui a minha indignação, meu mé dico me encaminhou então para uma ong que auxilia portadores de doenças de alta complexidade a APAC, fui muito bem atendido e entrei com um processo jurídico para que o governo libere a minha tão sonhada medicação, só de pois de 60 dias terei um parecer positivo ou contrário ao meu pedido. Hoje sou Bacharel em Educação Física estou em crise novamente e conto minha história e tudo que pode auxiliar quem tem EA num blog
http://www.espondiliteanquilosantesamuel.blogspot.com/ visitem serão bem-vindos

Educador Físico

Mensagens : 2
Data de inscrição : 07/04/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olá

Mensagem  Pink em Qui Abr 08, 2010 5:13 am

Bem vindo
Sim, já conheço o seu blog e fui eu que o aconselhei a conhecer este. Ainda bem que o fez.
Sempre que possa leia o que aqui a Susana e outros membros escreveram sobre a dieta sem amido. É uma janela de possibilidades que se abre. Muitos tentaram e conseguiram melhorar em muito o seu estado de saúde.
Um abraço
Pink

Pink

Mensagens : 16
Data de inscrição : 07/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum