Dor do calcâneo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dor do calcâneo

Mensagem  Patricia F. em Dom Out 04, 2009 3:25 pm

Boa noite.
Até agora a EA tem-me afectado exclusivamente a zona lombar e sacro-iliacas, além de algumas fortes contracturas cervicais e das omoplatas. No entanto à cerca de 3 semanas comecei com dor no calcanhar direito e tornozelo esquerdo (tb com um pouco de edema) mas fui andando... Agora desde mais ou menos 4 dias o cotovelo direito foi muito afectado, não me é possivel esticar ou flectir o braço e com bastante dor associada e, além disso, também sinto alteração a nível do joelho esquerdo. O calcanhar e o tornozelo quase me impossibilitam de caminhar e a limitação no braço impede-me de fazer quase tudo.
Tudo isto é resultado da doença? Também é comum em outros?
Alguém com estas experiências me poderá dar algum conselho para aliviar os simtomas?
Obrigada.
Até breve. Patrícia

Patricia F.

Mensagens : 123
Data de inscrição : 05/07/2009
Idade : 39
Localização : Vila Nova Gaia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dor do calcâneo

Mensagem  pedro.pereira em Seg Out 05, 2009 12:54 pm

Olá Patrícia,

As sinovites periféricas são bastante comuns na EA embora o nome e a crença clássica faça pensar que só afecta o esqueleto axial.
Eu tenho tido bastantes problemas de joelhos, punho direito e ás vezes tornozelos. Não sei que medicação faz, mas os antiinflamatórios não esteróides (AINES) costumam-me ajudar na fase aguda. Ás vezes é preciso experimentar dois ou três até se encontrar um que faça mesmo efeito. Varia de pessoa para pessoa. Por exemplo o diclofenac (voltaren) não me faz efeito nenhum na dose máxima, mas o naproxeno ou o exxiv já fazem.
A longo prazo as drogas modificadoras da doença (pe. metotrexato) são as que têm melhor efeito, tanto para levar à regressão dos sintomas como para prevenir o reaparecimento. Especialmente nas artrites periféricas.
A minha experiência pessoal é a de que vale a pena esperar um pouco se vir que os AINEs estão a fazer efeito em algumas articulações e as coisas estão a melhorar, por exemplo, com o aumento da medicação crónica (como o metotrexato), se receitado pelo médico. No entanto, já por várias vezes andei demasiado tempo com os joelhos tipo "batata" e a verdade é que essa espera em excesso pode ser prejudicial. Esses derrames sinoviais extensos e inflamação acabam por deixar lesões. Todas as células inflamatórias recrutadas acabam por produzir radicais activos e mais inflamação num processo de feed-back positivo. Nessas alturas uma injecção intra-articular pode ser a solução do problema. Eu já fiz várias. Objectivamente não é o mais saudável porque os corticóides intraarticulares têm efeitos sobre as cartilagens.. mas o peso da inflamação crónica não é de certeza menos importante.

Acho que é fundamental falar com o seu médico e rever a medicação que deve fazer. Acho que deve exigir para si mesmo a melhora rápida dos sintomas porque assim não tem a mínima qualidade de vida e não faz sentido que permaneça sem melhoras.

Espero que melhore rapidamente,

Pedro

pedro.pereira

Mensagens : 8
Data de inscrição : 20/09/2009
Idade : 33
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dor do calcâneo

Mensagem  Patricia F. em Seg Out 05, 2009 2:04 pm

Obrigada pela ajuda.
Neste momento estou com salazopirina e indometacina em doses máximas, mas...
Volto a ter consulta no final do mês, até lá vamos vêr!
Efectivamente hoje deixei de andar, a zona do tendão de aquiles à esq. agravou mesmo, fiz gelo e imobilizei e, como consequência o calcâneo dto tb agravou pois caminhei mais em cima dessa perna. Enfim, daqui a pouco ando de cabeça!!
Até breve.
Patricia

Patricia F.

Mensagens : 123
Data de inscrição : 05/07/2009
Idade : 39
Localização : Vila Nova Gaia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dor do calcâneo

Mensagem  Convidad em Ter Out 06, 2009 4:44 am

Ola Patricia

Desde já as minhas sinceras melhoras e tenha paciência que tudo há-de melhorar.

A EA dá-nos sempre que fazer, senão é uma coisa é outra, há sempre algo que nos preocupa.

Essa dor de calcaneo que fala é horrorosa, já a tive varias vezes e doi imenso.

Eu nesta fase, tem sido os joelhos e pes, aliás ja as devo ter tido todas, é por fases, é o que vale.

Sei que nos primeiros anos era apenas a sacroileite que me prendia o andar tal e qual uma ciática, na verdade uma dor quase insuportavel, nestes ultimos anos fui sabendo nalgumas crises que vou tendo, que afinal as articulações periféricas tb podem doer e muito.

A mim pessoalmente os AINE ao fim de 2 dias acabam por fazer efeito, se for preciso um comp. para as dores tb é eficaz.

Força Patricia, tente ver o que funciona melhor consigo, sofrer é que não.

bjinhos

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

inflamações periféricas

Mensagem  Justino Romão em Ter Out 06, 2009 4:25 pm

Olá Patrícia

O Pedro disse tudo e muito bem.

Ésse calvário é frequente, aconteceu comigo, e às vezes foi preciso injecção intra-articular, que resolve o problema, por vezes por um poucos dias..Mas comigo parece qua a salazopirina acabou por, a longo prazo, dar resultado. Depois de um período de alguns meses com crises (dessas de deixar de andar...), há mais de 10 anos que não tenho inflamações periféricas de assinalar (coisa pouca..). As da coluna já bastam. A dor dos cotovelos e dos ombros: deixe de carregar pesos, nada nas mãos, use um carrinho de rodas...

Tenha confiança que essas crises, com o apoio médico, acabam por ser debeladas. O que acho é que numa fase inflamatória assim tão aguda não é de esperar pelo fim do mês por uma consulta programada.

As suas melhoras.
Justino

Justino Romão

Mensagens : 109
Data de inscrição : 08/02/2009
Idade : 68
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dor do calcâneo

Mensagem  Patricia F. em Sab Out 10, 2009 3:22 pm

Obrigada Justino.
Efectivamente quase não sei onde tocar, nos últimos dias têm sido ambos os ombros o maior sofrimento, parece que tenho uma insolação daquelas que até a roupa faz doer!! A noite passada quase não dormi apesar dos ansioliticos. É que entre os ombros e a lombar "venha o diabo e escolha"...
Mas esperamos sempre por um dia melhor, quem sabe amanhã...

Continuação de tempos sem dor.
Patricia

Patricia F.

Mensagens : 123
Data de inscrição : 05/07/2009
Idade : 39
Localização : Vila Nova Gaia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Minha companheira EA

Mensagem  Leocadio em Qua Mar 31, 2010 12:31 am

Olá gente, venho aqui comentar do meu caso. Tava trabalhando em cruzeiro marítimo trabalhando como assistante de garçom na minha primeira semena fiquei horrorisado com o trabalho no restaurante de um navio de cruzeiro, com o peso que era carregado e com o trabalho pesadíssimo. Acabei indo para o buffet onde nao carregava peso. Quando troquei de navio e peguei confiança no atendimento aos clientes voltei ao restaurante para carregar umas bandejas enormes e pesadas. Depois de uns 15 dias do nada minha vista ficou inflamadíssima com mta, mas mta remela e logo em seguida comecei a acordar com fortes caimbras na sobrecoxa e a lombar que parecia q tinha caimbras era extremamente díficil acordar e levantar do beliche mas ao longo do dia ia aliviando a dor. Logo depois comecou um inchaço no tornozelo esquerdo, passando para dores terríveis no calcanhar e depois passando para os outros dois calcanhares. Depois de ir ao medico do navio ele perguntou se eu tinha casos de reumatismo na famila, e ateh hj n teve caso nenhum. Como o problema nos calcanhares e o inchaço no tornozelo continuaram continei indo ao medico até ser desembarcado do navio por esse problema. O medico tinha me dito para procurar um reumatologo ou imunologo, mas nao levei ele a sério. Achava um "amador". Ao sair do navio fiz a ressonancia no tornozelo esquerdo e deu os casos de sinovito, tissinovite e td isso eu levando a crer q era por causa do trabalho com a bandeja carregando peso. A essa altura nem pensava em reumatismo e nem a espondilite anquilosante que nem imaginava o que era. Depois de 15 sessões de fisio e a nao melhora do calcanhar, chegando comprar palmilha de silicone e os fisioterapeutas dizendo que aquilo demorava a curar. Com a demora procurei um ortopedista especialista em pé. Ele na hr ficou preocupado achando que poderia ser algum problema neurologico. Fiz todos os exames q a neurologista pediu (eletromiografia, sangue, coração, fator reumatoide entre outros) todos deram td certo segundo a neuro. Excete o hemossedimentação que deu alto. Na hr ela nao se preocupou dizendo q era em relaçao ao inchaço do tornozelo. Fator reumatoide e o hltv tb deram nao reativo. Ai fui num reumatologista e ele pediu direto o Hlb 27 , acho q eh esse o nome do exame e o ortopedista ja logo averigou a espondilite. o medico disse q a doenca n tinha cura mas tinha tratamento. nisso voltei ao reumatologista e ele simplesmente jogou um scarflan e mandou tomar qnd tivesse dor. De bom q ele fez foi soh descobrir a EA. Depois disse , continuando com dores no calcanhar comecei a ter novamente a caimbra na lombar, acordava com ela travadissima com enormes dificuldades pra levantar mas q depois melhorava. passando a dores no pescoço e na parte da coluna no lado esquerdo e com mtas, mas mtas dificuldades pra caminhar, acordar , td. Eh dificil pq todos perguntam o q houve, qnd q vai melhorar, leigos e leigos dando opiniao. Atraves do forum descobri a dieta do amido, fui tentando faze-la, passando fome no começo. minha mae vendo meu estado deplorável me levou num clinico geral excelente, chefe de cti de um grande hospital do rio. Ele diagnosticou a EA imediatamente e estou tomando um antiinflamatorio naprosyn (naproxeno). Tive uma excelente melhora, a dores no calcanhar se foi mas ainda sinto um pouco da coluna no lado esquerdo. Meu joelho estalava mto, hj nem tanto. Iniciei o RPG e a hidro. sempre tive pessima postura, mas com o tratamento tenho melhorado. Tenho bebido mta agua, e to tentando seguir a dieta do amido, porem ja cortei batata, alho, farinha de trigo, macarrao normal....as x como arroz e tenho comido macarrão de farinha de arroz. Pelo q eu vejo a doença é fod*, o medico disse q n tem como prever a evolucao mas disse q pelo menos a doenca foi pega no inicio. Indicou tomar o remedio nesses primeiros 3 dias 3 x ao dia e depois passar a 2 x ao dia pelas proximas 3 semanas para ver a evolução. Em relação a dieta ele disse que era besteira, mas nao vou leva-lo a sério em relação a isso. Afinal medicos adoram laboratorios, afinal nao querem algo q solucione de uma vez, pois senao nao precisaremos mais deles. Vo fazer um exame de pulmao que ficou faltando e o raio x de bacia. Tbm vo numa reumatologista conceituadissima. Confesso que tenho medo da doenca mas tenho mais medo d nao ter condicoes financeiras para tratamento. Afinal n eh facil pagar hidro, rpg, afinal precisamos trabalhar. Esse é o meu testemunho afinal estamos aqui para dividir experiencias. Confesso q com a confirmação do quadro fiquei até mais tranquilo do que qnd nao sabia o que tinha. Sinto q estou em boas maos com o medico e futuramente com a reumatologista conceituada. E vou vencer essa guerra diaria. Fazer exercicios, natacao, yoga , hidro tem q ser feito com doenca ou nao. Agora tenho q cuidar da minha saude como obrigacao, mas ja deverei ter cuidado antes da EA. Desejo que todos tenham força e espero q o medicamente melhores de vez e q as crises sejam escassas e nao me impossibilitem de trabalhar e levar uma vida normal. Desejo sorte a todos que possuem EA e que todos vençam essa batalha. Boa sorte a todos

Leocadio

Mensagens : 15
Data de inscrição : 16/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dor do calcâneo

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 5:12 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum