OLÁ, DESEJO UM BOM ANO PARA TODOS NÓS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

OLÁ, DESEJO UM BOM ANO PARA TODOS NÓS

Mensagem  Convidad em Qua Jan 14, 2009 7:55 am

Já todos sabemos que a EA é daquelas doenças que não mata mas mói, isso é um facto.

Quem diria ao olhar para um espondilitico que ele sofre a bom sofrer tudo aquilo que a EA lhe oferece? ninguém, julgo eu a menos que seja adivinho.

É que esta doença é daquelas que tirando os casos mais graves em que já houve operações ou algo que a denuncie, não deixa antever nada, a não ser ao próprio que sofre e muito tanto a nível psicológico como físico e voces sabem bem do que falo.

No dia 5/1 descobri que a chamada "colite nervosa" ou "colon irritável" tem tudo a ver com a nossa EA, ou seja foi-me dito isso no inicio, mas como nunca senti nada a esse nível ou nunca associei á doença, não as tinha relacionado.

Acontece que senti cólicas mt fortes, que associei a algo que tivesse comido, uma vez que estavamos em época de festas, mas dia 6/1 fui á médica que depressa me perguntou se andava em crise da EA e como lhe disse que sim, disse que tem tudo a ver com isso, senão tinha tido ainda ainda bem mas que é mt comum acontecer no contexto da doença.

Disse que quando estamos bem, o organismo reage bem a tudo, mas basta uma crise para desorganizar tudo e qlq coisa basta para nos fazer mal.

Enfim, deu-me um antiespastico, para caso aconteça de novo e disse que nós espondiliticos temos de levar uma vida calma, sem stress, pk isso só agrava as crises, pois ficamos mais vulneráveis devido á tensão muscular provocada pelo stress.

Quis partilhar convosco este episódio, pois acho que só assim nos ajudamos uns aos outros, e concerteza ficamos mais ricos em conhecimentos desta maldita doença, para assim podermos viver melhor cada dia das nossas vidas.

bjinhos, portem-se bem se puderem.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Olá, Maria!

Mensagem  Susana Lopes em Sab Jan 17, 2009 3:07 pm

Realmente... este início do ano não foi lá muito agradável, verdade? Espero, sinceramente, que já se sinta bem melhor Smile !

Amiga, o seu "novo" problema de saúde foi o que me levou à descoberta do regime alimentar de que tanto falo Razz !

O meu marido teve Colite Ulcerosa durante anos - mais de dez. A doença atingiu um grau de tal forma avançado que ele teve que desistir do trabalho, da vida social... ficou em casa durante quase uma década. Tinha hemorragias constantes, anemia crónica…

Quando eu o conheci, contou-me que estava curado dessa doença. Depois de muita pesquisa, ele encontrou a Dra. Elaine Gottschall e o seu livro Breaking the Vicious Cycle.

Elaine Gottschall tinha uma filha com a Doença de Cronh e dedicou a sua vida à procura de uma cura. Depois de muita investigação, descobriu que a resposta estava numa simples dieta: a Dieta de Hidratos de Carbono Específicos – uma tradução meio Embarassed ...

Os Hidratos de Carbono permitidos, neste regime alimentar, são os Monossacarídeos. Estes têm uma única molécula e essa estrutura permite-lhes ser facilmente absorvidos pela parede do intestino.

Os Hidratos de Carbono complexos - os Dissacarídeos (duas moléculas) e os Polissacarídeos (moléculas em cadeia) não são permitidos neste regime alimentar, porque não sendo facilmente digeridos, permanecem mais tempo no intestino.

Como sabe, existem muitas bactérias no intestino. Umas são inofensivas, outras são até benéficas… contudo, existem bactérias que são responsáveis por inúmeras doenças. Ora, estas bactérias alimentam-se destes Hidratos de Carbono que se encontram no nosso intestino. Com todo esse ambiente favorável, as bactérias crescem e reproduzem-se livremente. No meio de todo esse processo, dá-se a inflamação do intestino.

A dieta funciona porque retira o alimento necessário ao crescimento dessas bactérias, que acabam por "morrer à fome". Este regime alimentar permite, ainda, restabelecer o equilíbrio das bactérias benéficas no nosso intestino.

Mais informação Aqui!

Este regime alimentar tem sido estudado ao longo de mais de 50 anos por esta Bioquimica - a Dra. Elaine Gottschall - e outros profissionais da área. E têm tido resultados fantásticos: cerca de 75% das pessoas que optaram por este regime alimentar conseguiram obter melhorias significativas ou mesmo vencer variadíssimas doenças desde a Doença de Cronh, Colite Ulcerosa (Intestino Irritável), Doença Celíaca, Fibrose Cística, Diverticulite (inflamação dos divertículos presentes no intestino grosso) e Diarréia Crónica.

Foi por ter lido lido isto que eu resolvi pesquisar... e acabei encontrando! A resposta para a Espondilite estava, também, numa simples dieta!

Na EA, o problema agrava-se com o facto destas bactérias terem a faculdade do Mimetismo Molecular, ou seja, a Klebsiella Pulmonae tem a capacidade de "imitar" a estrutura molecular de certas células do nosso organismo. Os anti-corpos, além de atacarem as bactérias, acabam por atacar, também, essas células. O resultado: inflamação, a dor... a anquilose.

Este regime alimentar, ao "retirar" o alimento destas bactérias, vai resultar numa melhoria significativa, uma vez que a inflamação vai diminuindo, até desaparecer por completo.

Isso já aconteceu comigo e com muitos outros doentes com EA, pelo mundo fora! Like a Star @ heaven

Aqui no fórum temos o exemplo da Zélia, com o seu testemunho aqui, ou ainda, o exemplo do Charlie que nos conta sua experiência aqui.

Tanto a Zélia como o Charlie referem o fórum americano www.kickas.org como sendo um dos principais pontos de referência sobre este assunto.

flower Querida amiga, um abraço e até de repente!

Susana Lopes

Susana Lopes

Mensagens : 364
Data de inscrição : 27/12/2007
Idade : 43
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário http://espondiliteanquilosante.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum