O Risco de Os Descendentes Virem a Sofrer de EA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Risco de Os Descendentes Virem a Sofrer de EA

Mensagem  Susana Lopes em Seg Out 06, 2008 1:47 am

A EA não é uma doença hereditária e a respeito das espondiloartropatias não faz sentido falar de prevenção genética. O que pode ser transmitido a parte dos descendentes é um contexto de factores genéticos que propiciam uma maior incidência de casos de EA e de outras espondiloartropatias.

De acordo com dados disponíveis parece possível dizer-se o seguinte:

O risco de uma pessoa B27 positiva sem familiares de sangue sofrendo de espondiloartropatia (EA e outras) vir a ter de enfrentar uma EA é de cerca de 2%. Os riscos dos filhos de espondilíticos que herdem o marcador B27 (B27 positivos) são mais elevados:

• Se é mulher filha de pai sofrendo de EA o risco é de 14%,

• Se é homem filho de pai sofrendo de EA o risco é de 30%,

• Se é mulher filha de mãe sofrendo de EA o risco é de 40%,

• Se é homem filho de mãe sofrendo de EA o risco é de 60%.

Estes deduções têm todavia de ser interpretadas com reserva. São apresentadas como estímulo da atenção acerca da importância dos estudos de campo e da necessidade de uma boa colaboração entre as associações de doentes espondilíticos e os investigadores.

O que foi dito acima não se aplica aos filhos que não herdem o marcador B27 (B27 negativos).

Fontes:
Manual de Espondilite Anquilosante (ANEA)

Susana Lopes

Mensagens : 364
Data de inscrição : 27/12/2007
Idade : 43
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário http://espondiliteanquilosante.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum