O Que Comer Numa Primeira Fase da Dieta

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Que Comer Numa Primeira Fase da Dieta

Mensagem  Susana Lopes em Sex Jun 13, 2008 11:07 am

O que fazer para não passar fome:

- Mel
(Obrigatório! Dá-nos os hidratos de carbono que precisamos, sem nos fazer mal!)

- Marmelada
(caseira, melhor...)

- Gelatina (atenção ao rótulo!)
(tenho sempre gelatina de todas as cores no figorífico, "mata" a fome, óptima fonte de proteína!)

- Queijo flamengo fatiado, pouco... (atenção ao rótulo!)
(atenção aos queijos curados! A mim fazem-me mal)

- Outros queijos: fresco, requeijão...

- Ovos
(cozidos, mexidos, estrelados, omoletes...)

- Fiambre
(atenção ao rótulo! Quase todas as marcas de fiambre trazem farinha, amido modificado, polisacarídeos, maizena... isto tudo significa: amido)

- Maionese
(atenção ao rótulo!)

- Saladas temperadas com sal e limão
(alface, agrião, couve roxa, rúcula, endívias, espargos, aipo, pepino, courgette, funcho)
- Bolos
(feitos com farinha de amêndoa sem pele ou com coco ralado)

- chocolate de leite
(mas atenção ao rótulo e comer em poucas quantidades!)

- Atum
(óptimo em saladas, com ovo e maionese)

- Enlatados
(só atum e sardinha - tudo o resto tem amido: fruta em calda, tomate enlatado, etc...)

- Chocolate para bolos
(atenção ao rótulo!)

- Leite
(só de coco... por agora...)

- Coco
(em bolos, queques, biscoitos...)

- Carne
(qualquer tipo excepto fígado)

- Peixe
(qualquer tipo)

- Legumes
(alcachofra, espargos, repolho, corgette, couve lombarda, couve roxa, espinafres - só cozidos! Não mistures em sopas.... sopas estão proibidas!)

- NADA de sopas, feijão, grão, arroz, batatas, nabos...

Não há que passar fome!

Agora: força!

Para que consigamos derrotar a ea... antes que ela nos derrote a nós!

Até de repente!

Susana Lopes

Susana Lopes

Mensagens: 364
Data de inscrição: 27/12/2007
Idade: 41
Localização: Lisboa

Ver perfil do usuário http://espondiliteanquilosante.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leite

Mensagem  Convidad em Sex Jan 23, 2009 7:38 am

Olá Susana! Na sua lista diz que a leite tem 0 amido, mas entetanto aqui diz "só leite de coco por enquanto". Porque? Acha que leite faz mal? Alimenta a tal bacteria? Rolling Eyes

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Dúvida

Mensagem  Maria em Qui Jan 29, 2009 4:56 pm

Comer alimentos com amido "alimenta" a tal bactéria, devendo ser, então, evitado...Mas de que modo a carência de amido pode ser prejudicial, como colmatar a falta de amido? Comer faz mal....e não comer alimentos com amido? a que nível pode prejudicar? Obrigada

Maria

Mensagens: 35
Data de inscrição: 24/01/2009
Localização: Um lugar no mundo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cebola e alho francês

Mensagem  Maria em Qui Jan 29, 2009 4:58 pm

Cebola e alho francês, têm amido?????


Última edição por Maria em Sab Ago 14, 2010 12:58 pm, editado 1 vez(es)

Maria

Mensagens: 35
Data de inscrição: 24/01/2009
Localização: Um lugar no mundo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sopa

Mensagem  Maria em Qui Jan 29, 2009 5:05 pm

Desculpem
É a 3ª pergunta que coloco...mas porque não comer sopa???? e se for confeccionada sem batata, arroz ou massa?
Se contiver cenoura, alho francês, cebola, beringela, cougette??? Pode?
obrigada

Maria

Mensagens: 35
Data de inscrição: 24/01/2009
Localização: Um lugar no mundo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olá Maria!

Mensagem  Convidad em Sex Jan 30, 2009 5:38 am

Como eu a compereendo. Para mim isto tudo muito confuso, até porque encontrei na net a lista dos alimentos anti-inflamatórios e entre eles é alho, cebola, etc. que têm poder anti-inflamatório muito forte especialmente quando são consumidos crus. Também dizem que o leite faz mal, entretantona lista diz que se pod comer queijos, fazem-se bolos à base de farinha de amendoa, até os peitos de frango panados em farinha de amêndoa e fritos em manteiga! Na dieta usa-se o açocar quando em todos os site sobre nutirção diz-se para evitar açucar, chocolate, enchidos, manteiga, queijos... Rolling Eyes Como vê a maria não está só nas suas dúvidas.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Que Comer Numa Primeira Fase da Dieta

Mensagem  Páscoa em Sex Jan 30, 2009 7:20 am

Boa tarde :

Esta dieta, na minha opinião deve ser acompanhada por um nutricionista, pois é demasiado complexa para se iniciar de ânimo leve.
Eu falo por experiência própria, não nos devemos precipitar e iniciá-la sem saber bem o que fazer.
Embora aqui a Susana tenha dado muitas e boas informações, não pode responder a todas as dúvidas que uma dieta tão radical acarreta.
Embora algumas pessoas consigam fazê-la só com informação da Internet, eu ( quero salientar que é a minha opinião muito pessoal), acho que a maioria se sente perdida no meio de tanta informação e de tantos alimentos contra-indicados.

Um beijinho

Fernanda Páscoa

Páscoa

Mensagens: 192
Data de inscrição: 04/04/2008
Idade: 57
Localização: Almada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vamos por partes

Mensagem  Sporting em Sex Jan 30, 2009 2:52 pm

Nesta dieta, como em tudo, tenta-se encontrar um equilíbrio. É verdade que a informação, principalmente ao início, é muita, confusa e por vezes contraditória. Não nos podemos esquecer que são poucas as pessoas cientificamente habilitadas a falar sobre o assunto. A grande maioria fala sobretudo de acordo com a sua experiência.

A dieta não recomenda a ingestão de açúcar, até pq a sacarose é um dissacarídeo, o que não sendo tão prejudicial como os polissacarídeos (amido), também podem trazer problemas à digestão, e consequentemente alimentar a bactéria. Julgo que deve ter lido que o açúcar pode ser consumido, ou seja, é tolerado, mas não em excesso. Também temos de comer alguma coisa, certo?

Alimentos anti-inflamatórios são uma coisa, alimentos que vão ser mal digeridos e por consequência ser consumidos pela bactéria, que vai originar um ataque do sistema imunitário às articulações, é outra. O que esta dieta tenta evitar é exactamente esta reacção em cadeia. Se o pudermos fazer consumindo alimentos anti-inflamatórios tanto melhor. O vinho é um bom exemplo. Alho e cebola devem ser consumidos com moderação.

A sopa pode ser comida, desde que não seja cozinhada, para além do óbvio, com vegetais que libertem amido depois de cozinhados, como é o caso da cenoura. Julgo que o alho françês tb. O nabo, até hoje tem sido seguro. Mas quando há dúvidas, façam o teste. É essencial.

O amido é um carboidrato complexo, existem muitas outras fontes de carboidratos (mel, fruta, etc.)

Conheço uma nutricionista a quem pedi ajuda antes de começar a dieta. Disse-me que não sabia como compensar as falhas nutricionais que eu viria a ter. No entanto esta falta de informação não deriva de pouco conhecimento da matéria, mas fundamentalmente por ignorância relativamente à dieta.

Sporting

Mensagens: 68
Data de inscrição: 26/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Que Comer Numa Primeira Fase da Dieta

Mensagem  Maria em Sex Jan 30, 2009 3:54 pm

Obrigada pela resposta, Sporting
De facto, o melhor, mesmo, é comprar a tintura de iodo e testar cada alimento. Usava a cenoura na sopa mas pelo que escreveu a cozedura liberta amido... estou sempre a aprender
Bom fim de semana a todos com saúde e paz.
Maria


Última edição por Maria em Sab Ago 14, 2010 12:59 pm, editado 1 vez(es)

Maria

Mensagens: 35
Data de inscrição: 24/01/2009
Localização: Um lugar no mundo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Que Comer Numa Primeira Fase da Dieta

Mensagem  Convidad em Sex Jan 30, 2009 4:11 pm

Concordo com a Fernanda Páscoa. Também acho, que para começar a dieta sem amido tem de ter muitos conhecimentos sobre a nutrição ou melhor, ser seguida por um nutricionista muito experiente. Encontrei muitos sites sobre nutrição em inglês e em português e muitos nutiricionistas aconselham ter uma aliementação variada com consumo moderado (ou mesmo evitar) de açucar, chocolate, cafeina, lacticinios, carnes vermelhas... Nas receitas que apresentam aqui no site o açucar está bem presente e em quantidades "normais". Reparei que tudo é muito individual. A Susana diz que sente-se bem consumindo o arroz, mas diz " nada de sopas com batata, alho, cebola, NABO,..." etc. O Sporting diz que até agora o nabo TEM SIDO SEGURO. Se o leite tem que ser excluído da nossa alimentação, por que então podemos consumir queijos, leite em pó, que é presente em chocolate? Também a Susana retira o alho com que tempera os peitos de frango, que faz com queijo e fiambre, quanto o Sporting diz que o alho e cebola pode ser consumido com moderação. Concluíndo está tudo muito relativo e individual. Mas de qualquer modo gostaría agradecer todos os comentários das pessoas que seguem esta dieta, por que sempre se aprende qualquer coisa, principalmete se os testemunhos são reais e sabem de que estão a falar da própria experiência. Comecei a fazer dieta, mas por enquanto não sou tão "radical" nisto por que falta-me experiência e como digo estou muito confusa.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Que Comer Numa Primeira Fase da Dieta

Mensagem  Susana Lopes em Sab Jan 31, 2009 8:00 am

Concordo quando dizem que tudo é muito confuso... eu também pensava assim. E, por isso, as crises sucediam-se porque eu estava sempre a cometer erros.

O que eu sei aprendi à custa de mim mesma. Quando entrava em crise pensava: “o que é que eu comi de errado, agora?”... então, pesquisava, fazia experiências, entrava em crise... e pesquisava novamente.

Esta semana tenho estado com uma crise tremenda... devido a mais experiências Rolling Eyes . Porque só assim é que eu descubro o que me faz mal!

As sopas estão proibidas - pelo menos para mim, já experimentei tudo, mas não consigo chegar a uma receita segura - porque nem só a batata, o arroz ou a massa têm amido. Infelizmente, quase todos os legumes têm amido: a cenoura (0,3 % de amido), a berigela (0,2)...

Alguns alimentos têm pouco amido, é certo: mas tudo junto acaba por ser amido suficiente para fazer deflagrar uma crise.

No início da minha dieta, eu insistia nas sopas. Cheguei a fazer uma “sopa” só com cenoura... não passou no teste do iodo: ficou negra!!! Resolvi comer à mesma... o resultado? Óbvio, claro.

Há outros legumes como a beterraba que têm pouco amido que me fazem mal...eu adoro sumo de beterraba!!!

Infelizmente, tive que desistir de tudo isto. Mas ganhei muitas outras coisas. Em saúde, por exemplo.

Quanto à cebola, mais uma vez aprendi às minhas custas. A cebola, tal como o alho, o tomate e os pimentos (entre outros) tem Inulina. A inulina – o açúcar das alcochofras e outras plantas - é um polissacarídeo tal como o amido.

A dieta sem amido, como uma vez já referi, deveria chamar-se Dieta Sem Polissacarídeos, já são estes que alimentam a bactéria Klebsiella Pulmonae.

A mim, basta comer qualquer alimento que tenha sido feito com cebola (por exemplo, tenha sido refogado com cebola), ou com tomate e\ou pimentos para ter uma crise muito forte. Para mim a inulina é o pior dos “amidos”.

É por isso que, apesar de ser considerados alimentos anti-inflamatórios, a cebola e o alho estão fora da lista de alimentos seguros para doentes com EA. Não obstante, existem pessoas que se dão bem com estes dois ingredientes.

No caso da Olga, é uma questão de fazer o teste, para ver se o seu organismo tolera, ou não estes alimentos.

Os laticínios são, sem dúvida, alimentos que provocam inflamação. Contudo, certos pessoas toleram alguns queijos. No meu caso, posso comer uma a duas fatias de queijo por dia e um requeijão, de duas em duas semanas. Leite: eu sou viciada em leite... mas provoca mesmo muita dor, pelo que desisti de tentar.

Quanto aos chocolates: têm leite, logo provocam inflamação. Já provei vários chocolates: não querendo falar em marcas... há um que tem soja suficiente para me provocar dor; um outro tem leite em demasia, provoca-me bastante inflamação... finalmente, encontrei um que – apesar de ser chocolate de leite, não me faz mal. Wink

Um nota importante: eu como um quadrado de chocolate por dia, de manhã...

Os bolos que fazemos na nossa dieta, livres de polissacarídeos – amido – são bastante importantes. Não usamos leite e o açúcar é tolerável, pela maior parte dos espondilíticos que eu conheço, apesar se ser um dissacarídeo.

Quem não tolera a sacarose – o tal açúcar de que estamos a falar – pode usar frutose (monossacarídeo), hidrato de carbono inofensivo ao portador de ea.

Pode-se ainda substituir estes acúcares por mel, uma excelente fonte de hidratos de carbono - que deveria ser obrigatório para quem segue a DSA.

Os hidratos de carbono são muito importantes na alimentação do ser humano. Então, se não podemos comer batatas, massas, pão... ficamos fracos, sem forças, porque não ingerimos hidratos suficientes? Não é bem assim.

Os Hidratos de Carbono permitidos, neste regime alimentar, são os Monossacarídeos. Estes têm uma única molécula e essa estrutura permite-lhes ser facilmente absorvidos pela parede do intestino.

Os Hidratos de Carbono complexos - os Dissacarídeos (duas moléculas) e os Polissacarídeos (moléculas em cadeia) não são permitidos neste regime alimentar, porque não sendo facilmente digeridos, permanecem mais tempo no intestino.

Como sabe, existem muitas bactérias no intestino. Umas são inofensivas, outras são até benéficas… contudo, existem bactérias que são responsáveis por inúmeras doenças.

Ora, estas bactérias alimentam-se destes Hidratos de Carbono que se encontram no nosso intestino. Com todo esse ambiente favorável, as bactérias crescem e reproduzem-se livremente. No meio de todo esse processo, dá-se a inflamação do intestino.

A dieta funciona porque retira o alimento necessário ao crescimento dessas bactérias, que acabam por "morrer à fome". Este regime alimentar permite, ainda, restabelecer o equilíbrio das bactérias benéficas no nosso intestino.

(Retirei esta pequena explicação de uma mensagem que enviei à Maria.)

No meu caso, o meu organismo tolera bem a sacarose, apesar deste ser um dissacarídeo. É tudo uma questão de testar, porque cada pessoa é única.

Quanto aos fritos... sim, eu como peito de frango panados com farinha de amêndoa fritos, mas em azeite! E só de vez em quando, porque é frito!!! É que se pode ler, na receita que partilhei no tópico das receitas.

Eu não costumo comer fritos. A minha alimentação quando não é cozida, é grelhada. Contudo, às vezes permito-me um miminho, como é o caso dos peitinhos de frango. E quando isso acontece é sempre em azeite, considerado uma das gorduras mais saudáveis por ser rico em ácidos gordos – excelente alimento anti-inflamatório!

É verdade que nos sites de nutrição, o açúcar, os chocolates, a manteiga são alimentos considerados pouco ou nada saudáveis. Esqueçem contudo de referir os perigos da ingestão de hidratos de carbono complexos – polissacarídeos – que hoje, após muitos anos de pesquisa – estão relacionados com doenças como a Diabetes, a Doença De Cronh, a Doença Celíca e tantas outras.

Carol Sinclair, no seu livro The IBS Low-Starch Diet, explica a tudo o que está por de trás da campanha dos cereais... Este livro responde a muitas questões que se colocam aqui,no fórum. Infelizmente, não o tenho comigo... emprestei-o.

Eu começei este regime alimentar há 1 ano e 1 mês. Trabalho cerca de dez horas por dia, com crianças - como devem calcular, é preciso muita energia para lidar com crianças bounce . Quando chego a casa, ainda tenho que fazer o jantar, arrumar o que está desarumado – coisas que nós mulheres sabemos o que é - e, ainda faço os meus alongamentos: aqueles obrigatórios para um doente com ea Wink...

Digo isto para dizer que eu consigo retirar a energia que necessito do mel e outras fontes de hidratos de carbono simples.

Se a DSA é fácil? Continuo a dizer que não. Não obstante, continuo a afirmar que não é impossível.

Perdi muito peso... mas estava obesa e a um passo da diabetes tipo II. A minha médica de família, quando me viu, disse-me que eu estava muito bem, afinal alguns meses antes eu parecia uma “baleia” – palavras dela.

Os índices de colesterol e triglicéridos desceram. A minha obstipação crónica desapareceu e nunca mais tive rectorragias (hemorragias via anal). A minha hipertensão arterial – diagnosticada aos 20 anos, cerca de 15 anos atrás), estabilizou. A gastrite já não aparece na endoscopia e a fibromialgia só aparece muito de vez enquando e a fadiga crónica... já nem sei o que é isso.

Coincidências? Talvez não.

É tudo muito confuso, eu sei. Confesso que muitas vezes só me apetece desistir de tudo, fugir... mas, é só por breves instantes. Porque só eu sei como estive e como eu estou agora. Pelo que vale a pena.

Continuo com muitas dúvidas... tantas... mas procuro até encontrar! E se não encontro, testo em mim!
Neste momento estou a recuperar de uma crise de EA e FM... estive a experimentar pimentos affraid ... não aconselho No ...

Um exemplo interessante: a nossa amiga Zélia pode comer fruta!!! E eu não!!! A fruta não tem amido se for colhida já madura. Ora, infelizmente, em Lisboa toda a fruta que eu compro tem amido porque é apanhada ainda verde. O amido que esta tem é muito pouco: mas é o suficiente para desencadear uma crise!

Cada caso é uma caso... cada pessoa é um indivíduo. O que é certo em mim, poderá não ser verdade numa outra pessoa. Por isso, é que esta dieta tem de ser testada. Dá um pouquinho de trabalho... mas vale a pena.

Um nutricionista é, sem dúvida, o ideal. Mas, por certo encontraremos uns que vão estar a favor e outros contra.

Vejamos o caso do leite, por exemplo. Campanhas e alguns médicos aconselham-nos a beber três copos por dia para prevenir a osteoporose. Por outro lado, temos médicos que, baseando-se em pesquisas ciêntíficas, que nos alertam para o perigo do leite...

No que é ficamos? Penso que fica ao critério de cada um... eu bebia cerca de um litra de leite por dia – durante mais ou menos 33 anos – e tenho Osteoporose no colo do fémur e Osteopenia nas vértebras L5 e S1. A minha mãe, tão viciada em leite como eu, foi-lhe diagnosticada osteoporose avançada...

Dos alimento permitidos pela DSA, existem muitos que não são muito aconselhados, eu sei disso. Contudo, também sei que, se a nossa dieta for o mais equlibrada possível, nada me faz mal. Pelo menos, é que os meus exames clínicos afirmam...

Este regime alimentar é muito complexo, sim. Contudo, não quis deixar de tentar. A minha vida era uma autêntica tortura crónica, dia e noite... eu tinha de tentar! E ainda bem que o fiz!

Eu não acreditei, de imediato, em tudo o que lia... que uma simples dieta era a resposta! Eu disse ao meu marido que, “se assim fosse, não havia EA em lado nenhum”!

Ele insistiu que se resultou com ele – que curou a Doença de Cronh com uma outra dieta– porque não dar uma hipótese?

E aqui estou eu...

Algum dia chegarão todos a um consenso no que diz respeito à dieta sem amido? Não sei... e também não me interessa muito.

A minha EA está estável e as minhas análises estão normais, tenho energia mais que suficiente para viver e trabalhar... e com a ajuda de alguns suplementos alimentares, eu espero continuar com esta dieta para o resto da minha vida.

Só gostaria de esclarecer que a minha alimentação não se limita a bolos, chocolate e uma fatia de queijo por dia.

Eu costumo comer pratos normais com peixe, vegetais como os grelos, bróculos, couve lombarda ou espinafres - daqui só retirei a batata; pratos de carne com frango ou perú, sempre gralhados com saladas o mais variadas possíveis. Quanto aos bolos e pudins, costumo comer mais ao fim-de-semana, depois quem os acaba costuma ser o meu marido e as minhas manas... eles adoram esta parte da minha dieta bom ...

Às vezes, confesso, sinto "fome" de outras coisas: pão, massas, arroz - afinal, eu já fui muito gordinha. Não foi fácil lidar com este vício que eu tinha por hidratos de carbono complexos. Mas, aos poucos, estou a lidar com a situação.

Aliás, as minha depressões e as minhas recaídas - ea - têm muito a ver com este assunto, é como se eu estivesse a fazer uma desintoxicação tal como um adicto de uma outra droga qualquer. Porque nem só de drogas duras um pessoa pode ficar adcta.

O caminho da vida tem pedras... eu irei fazer um castelo com elas! Como Fernado Pessoa era tão sábio...

Até de repente,

Susana Lopes


Última edição por Susana Lopes em Dom Fev 01, 2009 12:35 pm, editado 1 vez(es)

Susana Lopes

Mensagens: 364
Data de inscrição: 27/12/2007
Idade: 41
Localização: Lisboa

Ver perfil do usuário http://espondiliteanquilosante.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Que Comer Numa Primeira Fase da Dieta

Mensagem  Maria em Sab Jan 31, 2009 11:36 am

OLá Susana:
Obrigada pelas suas palavras....faz-me sempre bem ler o que escreve. Li e reli. Smile
Um dia conto, desde o início, o caso da minha filha. Aguardo a ida a uma consulta de reumatologia, depois direi.
Para já, o que posso dizer, é que encontrar este espaço foi/é como uma lufada de ar fresco...
Bejinho a todos.
Saúde e Paz
Maria


Última edição por Maria em Sab Ago 14, 2010 12:57 pm, editado 1 vez(es)

Maria

Mensagens: 35
Data de inscrição: 24/01/2009
Localização: Um lugar no mundo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Que Comer Numa Primeira Fase da Dieta

Mensagem  Páscoa em Sab Jan 31, 2009 11:40 am

A Susana disse-me um dia uma frase que nunca esqueci, “tudo tem o seu tempo”!



Talvez o segredo da vida esteja mais ou menos nessa direcção… em saber
que existe tempo para tudo, propósito para tudo, choro para tudo e
risos para tudo! Ou seja, intensidade certa para cada coisa ou evento
da vida!

Dar dose certa para os acontecimentos, problemas e felicidades que a vida nos apresenta, é o melhor conselho que vos posso dar .

Seja qual for a direcção que optemos por levar, quer fazendo a dieta ou qualquer outro tratamento, temos que encontrar a dose certa, no tempo certo.



Fernanda Páscoa

Páscoa

Mensagens: 192
Data de inscrição: 04/04/2008
Idade: 57
Localização: Almada

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Que Comer Numa Primeira Fase da Dieta

Mensagem  Convidad em Dom Fev 01, 2009 5:37 am

Olá a todos! Agradeço muito à todos que nos dão dicas e informações sobre a DSA. Comecei a fazer dieta, mas vou de vagar. A Susana tem muita sorte de ter o marido como o seu aliado. O meu marido é muito céptico em relação à dieta e diz que se a resolução do problema fosse na dieta, não existiam doentes reumáticos(também penso assim, mas num estado de desespero, acredita-se em tudo). Por isso, depois de encontrar este fórum, venho cá muito frequentemente e daqui é que tiro a força para continuar aquilo que comecei. Comecei simplesmente a ter uma alimentação mais saudável e não só por que estava com dores ou os medicamentos não ajudavam, mas por que comecei a perder cabelo. No meu organismo deve ter acumulado tanto metotrexato, que no verão passado comecei a ter queda de cabelo muito acentuada e a própria estrutura do cabelo mudou. Com a dieta quero tentar a reduzir doses de medicamentos, que ando a tomar há anos e anos, por que nem sei bem o que eu prefiro - viver sem dores e andar careca ou ter dores, mas ter o meu cabelo como dantes. O meu visual faz-me chorar, não querer sair de casa(se não fosse o trabalho, nem saia), faz-me ficar deprimida e muito triste. Não tenho problemas de peso, até não me faz bem emagrecer ( tenho 168cm de altura e 55kg ), nem problemas com tensão arterial ou obstipação. Mas o problema com cabelo faz-me doente e só por causa disto comecei a fazer dieta. Por isso agradeço muito as receitas dadas pela Susana e Zélia, testemunhos de Charli e Sporting. Quero pedir que continuem. Em relação à bactéria, ainda não li muito, não estou bem informada, mas encontrei uma coisa curiosa. A minha filha está a tomar um medicamento receitado pelo otorrinolaringologista, Broncho-Vaxon, grupo Vacinas e nele entre outras bactérias está a Klebsiella...
Outra coisa. Ontem fiz o teste de iodo com betadina, e na maçã e na banana a cor mantinha-se. Mas mesmo assim por enquanto vou evitar banana. Fiquei preocupada com cenoura, mas depois vi no testemunho da Zélia que não faz mal em comer cenoura crua, uso-a muito em saladas. É pena que a beringela não é aconselhável, gosto muito e até tenho no frigorífico. Também queria perguntar em relação a chás... Chá preto/verde, tisanas... O que acham? E outra pergunta: na lista tem alimentos com Tr(trace ou traço, sim?) o que quer dizer? Contém amido ou não? Ou não se sabe?
Também agradecia que me dessem exemplos dos vossos pequenos-almoços...
Sinto-me bem estes dias, mas esta doença tão traiçoeira que não sei se estou melhor graças à dieta ou simplesmente porque a crise passou ou porque o tempo não vai mudar...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Que Comer Numa Primeira Fase da Dieta

Mensagem  Susana Lopes em Dom Fev 01, 2009 9:55 am

Olá, Olga!

A banana é, sem dúvida, a única fruta que é mesmo contra-indicada, devido ao seu alto índice de amido. Quanto ao resto da fruta, o segredo é o teste!

A cenoura tem pouco amido mas o suficiente para me fazer mal. Eu costumava comer cenoura ralada nas saladas, dava uma cor muito bonita - eu gosto de ver muita cor no meu prato - mas no último verão, eu "abusei" um pouco e agora tenho um pouco de receio de reintroduzi-la na minha alimentação.

Quanto aos chás, as tisanas de ervas medicinais são completamente seguras. Os chá de fruta que são comercializados, já são de se desconfiar.

A sigla TR significa trace, ou seja, existe amido mas em proporções mínimas, na sua maioria das vezes inofensivo para quem faz a DSA.


Até de repente,

Susana Lopes

Susana Lopes

Mensagens: 364
Data de inscrição: 27/12/2007
Idade: 41
Localização: Lisboa

Ver perfil do usuário http://espondiliteanquilosante.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum